Pesquise aqui

quarta-feira, 27 de junho de 2012

TRABALHANDO JUNTOS!!!!

Agradecemos a 19ª Gerência de Conservação pelo atendimento a solicitação de reparo na Rua Bernardo de Vasconcelos, quase na esquina com a Rua do Imperador, onde havia um afundamento no local com risco e prejuiso aos motoritas que por ali passam.

XXXIII ADMINISTRAÇÃO REGIONAL
REALENGO

terça-feira, 19 de junho de 2012

NOVA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO


Prefeitura inaugura nova Estação de Tratamento de Esgoto na Zona Oeste

Maior concessão de saneamento do país beneficia 21 bairros e transforma Rio Águas em agência fiscalizadora

A Prefeitura do Rio inaugurou terça-feira, Dia Mundial do Meio Ambiente, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Constantino Arruda Pessôa, em Deodoro. A cerimônia marcou o início da maior concessão de saneamento básico do país, que atenderá 21 bairros da Zona Oeste e elevará o índice de tratamento do esgoto de 4% para 40% em 2016. Ao final do contrato de concessão, em 30 anos, 90% da população será beneficiada com pelo menos outras 17 estações de tratamento e 615 mil ligações de esgoto.



Com investimentos de cerca de R$ 2,4 bilhões, a Foz Águas – concessionária constituída pelas empresas Foz do Brasil e SAAB (Saneamento Ambiental Águas do Brasil) - é a responsável pelos serviços de coleta e tratamento de esgoto da Área de Planejamento 5 (AP5), que corresponde a 48% do território do município.

- É uma vitória fantástica para a Zona Oeste. Na semana do Meio Ambiente, a prefeitura apresenta medidas concretas que mudam o retrato ambiental do Rio. No domingo, fechamos o Aterro de Gramacho. Hoje, iniciamos o saneamento de metade do território da cidade e amanhã, vamos inaugurar o primeiro BRT da cidade. São essas intervenções que, de fato, qualificam o meio ambiente e mudam a vida da gente – disse o prefeito Eduardo Paes.

Para o secretário-chefe da Casa Civil, Pedro Paulo Carvalho, a Estação de Tratamento de Esgoto significa qualidade de vida, sem que a população pague mais na conta de água e esgoto.

- Isso aqui significa saúde para a população e economia no investimento da área. A cada R$ 1 gasto em saneamento, são economizados R$ 4 em saúde pública. Esse processo de saneamento é o mais inovador do Brasil - ressaltou o secretário.



O diretor da Foz Águas 5, Fernando Bessa, lembrou a importância de inaugurar esta estação no Dia Mundial do Meio Ambiente e da homenagem feita ao engenheiro que batiza a ETE :

- Não poderíamos ter um dia melhor, que o do Meio Ambiente, para darmos início à essas atividades, melhorando os rios do entorno, as baías de Sepetiba e Guanabara, um dos cartões postais mais belos da cidade. Homenageamos um grande idealizador de obras de saneamento básico do Brasil: Constantino de Arruda Pessôa, engenheiro que pensou e trabalhou nessa estação de tratamento na década de 70.

A Fundação Rio-Águas, anteriormente responsável pelo esgotamento sanitário nesta região, passa a atuar como agência reguladora e fiscalizadora dos serviços prestados pela concessionária. O abastecimento de água permanece sob a gestão da Nova Cedae. As tarifas sociais para os moradores também serão mantidas.

XXXIII Administração Regional - Realengo

domingo, 17 de junho de 2012

CONHEÇA A PRAÇA DO CONHECIMENTO EM PADRE MIGUEL


PRAÇA DO CONHECIMENTO
EM PADRE MIGUEL
Espaço comunitário digital no lugar de antiga
“cracolândia” homenageia jornalista.
O prefeito Eduardo Paes, os Secretários Municipais de Ciência e
Tecnologia, Franklin Coelho, e de Obras, Alexandre Pinto, inaugurou,
no  dia 16 de junho (sábado), às 10h, a Praça do Conhecimento
Gelson Domingos, em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio. O nome é
uma homenagem ao repórter cinematográfico assassinado por traficantes
da Favela de Antares, em novembro de 2011, quando o jornalista
acompanhava uma incursão da polícia na comunidade de Santa Cruz.
Em um espaço de aproximadamente 1.000 metros quadrados, onde antes
existia uma “cracolândia”, o local agora vai abrigar o que existe de mais
moderno em tecnologia da informação, com oficinas nas áreas de vídeo,
fotografia, robótica, tecnologias de rede, produção e computação gráfica,
design gráfico e web design, entre outros. Em ambientes confortáveis e
interativos, com sala de produção de conteúdos, laboratório, biblioteca
virtual, áreas de lazer, cinema e teatro.
As dependências da Praça serão espaços multiuso e interativos,
oferecendo inúmeras opções de cursos, pesquisas, visitas virtuais e lazer
aos frequentadores, atendendo às demandas que o mundo digital coloca
em termos de entretenimento, desenvolvimento profissional e acesso ao
conhecimento.
Além de Praça do Conhecimento de Padre Miguel, estão sendo
construídas mais 5 Naves do Conhecimento, espécie de miniatura
da Praça, em Madureira, Irajá e Greipe da Penha, na Zona Norte,
e em Vila Aliança, na Zona Oeste). No dia 1º de junho passado,
a Prefeitura do Rio inaugurou a Nave do Conhecimento Tim Lopes, em Santa Cruz, homenagem ao jornalista morto há 10 anos no
Complexo do Alemão. A construção civil da Praça e das Naves está
sendo executada pela Empresa Municipal de Urbanização (Riourbe), subordinada a Secretaria Municipal de Obras.
* Para assistir à visita virtual à Praça do Conhecimento, é só acessar o
link http://www.youtube.com/watch?v=6G4Jvw1Ix18

Local: Avenida Marechal Marciano, s/nº, esquina com Rua do
Açafrão.
PRAÇA DO CONHECIMENTO
(Espaço comunitário digital de criatividade, inovação e
interatividade)
O projeto da Praça do Conhecimento tem como objetivo garantir o direito ao
conhecimento e às novas oportunidades que a inovação tecnológica oferece,
criando espaços de arte eletrônica que estimule a compreensão e usufruto
deste mundo virtual. O espaço consiste em uma praça central com uma ampla área útil que irá irradiar suas atividades por mais cinco naves menores.
O espaço vai abrigar o que existe de mais moderno em tecnologia da informação, com sala de produção de conteúdos, laboratório, biblioteca virtual,
áreas de lazer e cinema. Serão ministrados oficinas nas áreas de robótica,
tecnologias de rede, produção e computação gráfica, design gráfico, web
design, produção de vídeo e fotografia, entre outros.
A proposta é facilitar o ingresso de jovens e adultos no mercado de trabalho através da capacitação por meio das novas tecnologias. Além disso,
será um projeto de inclusão digital, permitindo acesso a internet e ferramentas de ensino a distância. Terá ainda uma área de espera interativa,
funcionando como uma exposição multimídia sobre a comunidade e o
mundo atual, repleto de soluções para despertar a curiosidade e a busca
pelo saber. Inicialmente, o projeto contempla as comunidades de Padre
Miguel, Santa Cruz e Vila Aliança, na Zona Oeste, e Irajá, Greipe da Penha e Madureira, na Zona Norte.
Os espaços funcionarão em interação pedagógica e cultural com as escolas da região, atuando como um complemento às atividades extracurriculares desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Educação. Vão, ainda,
facilitar a melhor integração entre a comunidade e os serviços públicos
prestados no local, funcionando em tempo integral, inclusive nos finais
de semana. Serão disponibilizados diversos ambientes de alta tecnologia, aconchegantes e inspirados em um futuro eco-sustentável, com interfaces de comunicação e objetos midiáticos digitais intuitivos e de fácil
utilização.
Sustentabilidade: O prédio foi concebido dentro dos conceitos contemporâneos de sustentabilidade e minimização dos impactos ambientais e
climáticos, além do aproveitamento da iluminação e ventilação natural,
coleta de água da chuva e de amplo paisagismo, a partir do aproveitamento dos escombros oriundos da implosão de esqueleto de edificação
abandonada utilizado pela população de rua e usuários de crack.
A Praça é um local amplo que promove a conexão, aprendizado e troca
da comunidade com o mundo. O acesso de banda-larga a internet permitirá consultar revistas, livros, conteúdos e demais acervos de bibliotecas de outas instituições nacionais e internacionais, funcionando como
uma Biblioteca Digital, promovendo de forma irrestrita a universalização
do conhecimento, potencializando a experiência digital para além do uso
quotidiano de troca de mensagens.
O Anfiteatro exibirá filmes, peças, seminários e cursos. Os filmes, cursos, exposições e, mesmo a tela dos terminais de computadores, podem ser projetados no telão da fachada, partilhando a informação com
os usuários do parque. O grande hall de acesso é também uma área
de exposições e pode se prolongar pelo parque entre a Praça Digital e
a creche, que fica ao lado.

XXXIII Administração Regional - Realengo

sábado, 16 de junho de 2012

Como o tempo passou... Bombeiros de Realengo










NOVA ILUMINAÇÃO DO BATAN




A XXXIII Administração Regional agradece a RIOLUZ pela nova iluminação das ruas do bairro do Batan.
Estamos a disposição para juntos levarmos mais qualidade de vida a todos os moradores.
Um abraço,
XXXIII A R - Realengo

sexta-feira, 8 de junho de 2012

O nosso trabalho é pra você.

A XXXIII Administração Regional é um órgão da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Casa Cívil, e serve de ponte entre o contribuinte e os órgãos de apoio nas seguintes solicitações:
Buracos na rua
Iluminação pública
Vazamento de água ou esgoto
Obstrução de galerias
Poda de árvore
Limpeza e conservação de ruas, praças e retirada de entulho.
Asfaltamento
Obra irregular
Comércio irregular
Manutenção de Praças
Retirada de veículos abandonados.
e outras solicitações.

Atenciosamente,
XXXIII Administração Regional de Realengo.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Nasce o Blog da XXXIII Administração Regional de Realengo

A XXXIII Administração Regional de Realengo em uma iniciativa de se aproximar ainda mais do contribuinte e  morador do bairro de Realengo e adjacências, acaba de criar o Blog Oficial da Administração Regional de Realengo onde serão publicados assuntos do interesse de toda a população "Realenguense" e adjacências.

SEJA BEM VINDO(A) E FIQUE À VONTADE!

Atendemos de Segunda a Sexta Feira das  08:00h as 17:00h
Ou pelos telefones 3335-2968 e 3335-2517 e pelo e-mail ra33realengo@rio.rj.gov.br


Um Abraço à todos 
Roberto Estrella
Administrador Regional